Estação das Docas

Na orla entre a modernidade e a cultura ribeirinha, a Estação das Docas prova que a inovação arquitetônica e a recuperação do patrimônio histórico podem viajar juntas e em perfeita harmonia. Fotos: Osvaldo Forte

Vista de Belém

Portas de entrada do fascinante mundo amazônico. Está localizado na foz direita do rio Amazonas e abaixo 1º da linha do Equador, por esta razão seu clima é quente e úmido, porém chuvosa e ventilada, o que ameniza o calor de Belém. Fotos: Osvaldo Forte

Metrólopole da Amazônia

Historicamente, constituiu-se na principal via de entrada na região norte do Brasil, tendo uma posição geográfica privilegiada. Situada às margens do rio Guamá, próxima à foz do rio Amazonas. Fotos: Osvaldo Forte

Belém do Pará

Vivenciou momentos de plenitude, entre os quais o período áureo da borracha, no início do século XX, quando o município recebeu inúmeras famílias européias, o que veio a influenciar grandemente a arquitetura de suas edificações, ficando conhecida na época como Paris nAmérica.. Fotos: Osvaldo Forte

A Capital do Norte

Exerce significativa influência nacional, seja do ponto de vista cultural, gastronômico econômico ou político. Conta com importantes monumentos, parques e museus, como o Theatro da Paz, o Museu Paraense Emílio Goeldi, o mercado do Ver-o-Peso, e eventos de grande repercussão, como o Círio de Nazaré. Fotos: Osvaldo Forte

 

BELEMTUR - Coordenadoria Municipal de Turismo

A BELEMTUR é a Coordenadoria Municipal de Turismo do município de Belém e possui como objetivo planejar, coordenar, controlar e avaliar as atividades relacionadas com o turismo no município do Belém, nos termos da política nacional de turismo. Endereço da Belemtur: Av. Presidente Vargas, nº158, 13º andar, Campina, Cep: 66010-000.

Alunos da Escola Avertano Rocha visitam os pontos turísticos de Belém

2015-10- 6 - Belém - Turismo na escola - Foto: Kauê Cohen/COMUS

2015-10- 6 – Belém – Turismo na escola – Foto: Kauê Cohen/COMUS

O navio Corveta Mearim foi a quarta embarcação a ser integrada à Marinha brasileira. Construído na Holanda, ele foi incorporado no dia 3 de agosto de 1955. Essa é apenas uma das curiosidades presentes no Memorial Amazônico de Navegação, localizado no Parque Mangal das Garças, e que foi visitado na manhã desta terça-feira,06, pelos alunos do 9° ano da Escola Municipal Avertano Rocha, do distrito de Icoaraci.

A visitação faz parte do projeto Turismo na Escola, uma iniciativa da prefeitura de Belém por meio da Coordenadoria Municipal de Turismo (Belemtur) e da Secretaria Municipal de Educação (Semec), que leva alunos de diversas escolas do município aos pontos turísticos mais importantes de Belém. Hoje os estudantes puderam conhecer melhor o Mangal das Garças, Teatro da Paz, Casa de Mineração e Praça Frei Caetano Brandão.

A técnica educacional da Semec, Ligiana Cunha, destaca a importância desse tipo de iniciativa para os alunos da rede pública. “Muitos desses alunos não têm oportunidade de conhecer esses lugares, aqui eles podem conhecer a história da sua cidade e expandir ainda mais os seus conhecimentos”.

Além do memorial amazônico da navegação, os estudantes puderam conhecer outros locais do Mangal, como o borboletário e o viveiro de animais. Sempre acompanhadas pelo monitor-guia interno do parque, Valdinei Silva, que foi explicando todas as particularidades do espaço. “Eu me sinto muito bem de poder colaborar com um meio ambiente melhor. Através dessas visitas monitoradas a gente pode passar a mensagem de preservação e valorização da natureza e da nossa cultura”, ressaltou o guia turístico.

Para o aluno Nestor Amaral, de 15 anos, a experiência foi única e muito interessante. “Nesse passeio eu estou descobrindo mais da minha cultura, dos animais e da natureza. Eu espero trazer a minha família aqui em breve”, declarou.

Já a aluna Luana Landa Silva, de 13 anos, achou mais interessante o Teatro da Paz. “Foi tudo muito bom, o Teatro da Paz é incrível! Eu nunca tinha vindo aqui e me surpreendi com a arquitetura do teatro”, disse, admirada, a estudante..

A escola Avertano Rocha é a primeira do distrito de Icoaraci beneficiada pelo projeto Turismo na Escola. Segundo a Belemtur , até o fim de 2015 mais cinco escolas serão atendidas com a programação.

Texto: Bruno Menezes
Foto: Kauê Cohen 
Coordenadoria de Comunicação Social (COMUS)