Peixeiros do Ver-o-Peso e PMB articulam ações para a Semana Santa

Representantes dos peixeiros e balanceiros que trabalham no Complexo do Ver-o-Peso, estiveram na tarde desta sexta-feira, 26, na Secretaria Municipal de Economia (Secon), para elaborar o plano de organização e comercialização do pescado na Pedra e no Mercado do Peixe durante o período que antecede a Semana Santa.

O plano é resultado da integração entre a Prefeitura de Belém e os trabalhadores do Complexo, para o fortalecimento das fiscalizações referentes aos decretos municipal e estadual que normatizam a circulação do pescado nesse período, previstos para publicação em diário oficial no dia 02 de março, vigorando a partir do dia 04 até 25 do mesmo mês.

“Para o êxito das ações no Ver-o-Peso, o Prefeito Zenaldo Coutinho convocou, por meio do Núcleo Cuida Belém, os agentes das Secretarias Municipais de Economia , Saneamento , Departamento de Vigilância Sanitária , Guarda Municipal  e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana ”, explicou a diretora geral da Secon, Naíza Redig.

Entre as ações sugeridas pelos trabalhadores está a intensificação do trabalho dos agentes municipais para fiscalizar o controle das balanças e a qualidade do pescado vendido na Pedra e Mercado de Peixe. “Todos os anos a PMB nos ajuda com as mobilizações e este ano precisamos mais uma vez dessa união para garantir a fama, que já alcançamos, de  ter o melhor peixe comercializado em Belém do Pará”, enfatizou o presidente da comissão do Mercado de Peixe do Ver-o-Peso, Edson Carvalho.

“Estimamos aumentar as vendas e com preços acessíveis à população. Hoje, por exemplo, comercializamos dentro do mercado até três e meia toneladas de pescado por dia, já com a proximidade da Semana Santa esse número deve dobrar e sempre com a mesma qualidade do pescado vendido em um dia comum”, garante o presidente do Sindicato dos Peixeiros, Fernando Souza.

Outro ponto definido na reunião foi o horário de funcionamento da Pedra do Peixe que, durante o período do decreto, vai funcionar das 00h às 7h da manhã. Já o  Mercado de Peixe, permanece funcionando das 6h às 15h nas quartas e quintas-feiras, e das 6h às 13h, nos demais dias da semana.

Texto: Roberta Corrêa
Foto: Oswaldo Forte
Secretaria Municipal de Economia (SECON)

 

Notícias relacionadas