«

»

Moradores são beneficiados com ciclovia no novo trecho da Bernardo Sayão

Want create site? With Free visual composer you can do it easy.
Alci Moura - Especial Bernardo Sayão

Alci Moura – Especial Bernardo Sayão

Durante toda esta semana, nós mostramos as mudanças na vida dos moradores da avenida Bernardo Sayão, após a inauguração do novo trecho da via, entre a avenida José Bonifácio e a rua Augusto Corrêa, no ano passado. Falamos sobre as senhoras Dolores, Sueli e Nazaré que observaram as várias mudanças no local, trazendo a elas e suas famílias, desde mais qualidade de vida de quem passou a caminhar e teve a saúde melhorada, ao crescimento dos negócios de quem foi beneficiado com a reforma da via.

Agora, mostramos como a nova Bernardo Sayão também beneficiou aos ciclistas. A Cidade das Mangueiras tem 100,6 quilômetros de espaços destinados a ciclistas, entre ciclovias e ciclofaixas. Mil metros desse total de ciclovias foram construídos no trecho, que foi inaugurado e entregue em 2018, pela Prefeitura de Belém, por meio do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben), no bairro do Guamá.

“As obras na Bernardo Sayão, realizadas na gestão do prefeito Zenaldo Coutinho, foram essenciais, especialmente, por ser um local com grande movimentação de pessoas, carros e bicicletas, um espaço onde as pessoas se locomovem de diversas formas. Com a nova estrutura, os ciclistas ganharam essa nova possibilidade de transitar, com muito mais segurança, eficando mais distantes e seguros em relação aos veículos de grande porte”, explicou o diretor de Mobilidade da Superintendência de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), Francimário Arcoverde.

O antigo canal a céu aberto que acompanhava toda a extensão da via passou por um complexo trabalho de engenharia e foi fechado por completo no trecho, com a instalação de galerias. Para garantir acessibilidade, a Prefeitura construiu dois mil metros de calçadas com piso tátil e mil metros de ciclovia.

Segurança – Para quem usa a bicicleta todos os dias como único meio de transporte de garantir o sustento da família, as ciclovias proporcionam segurança a quem passa diariamente pelo trecho para trabalhar.

“Eu trabalho na Universidade Federal do Pará, passo por aqui duas vezes por dia e o meio de transporte que eu utilizo é a bicicleta. Antes, eu precisava ir pela pista, pelo meio da lama, dos carros, me arriscando bastante para chegar até o meu trabalho, hoje, mudou muito, essa pista está maravilhosa e muito melhor”, contou o autônomo Alcir Moura, que agora pode andar sobre duas rodas com mais tranquilidade.

Alci Moura - Especial Bernardo Sayão

Alci Moura – Especial Bernardo Sayão

Cerca de 54 mil pessoas foram beneficiadas com o novo trecho da avenida Bernardo Sayão, no bairro do Guamá, mas, com a construção de espaços como ciclovias e ciclofaixas, toda a cidade também ganha. “Belém conta com mais de 100 quilômetros de espaços destinados exclusivamente aos ciclistas, mil metros deles estão neste trecho do Guamá, o que gera maior fluidez no trânsito e encoraja aqueles que sempre tiveram vontade de usar a bicicleta”, ressaltou Francimário.

Mesmo quem não mora no local lembra de como a avenida era antes. Quem precisava transitar por lá enfrentava inúmeros problemas como lama e insegurança. Pouco mais de um ano depois da entrega do novo trecho da Bernardo Sayão, as melhorias são notadas por todos.

“Agora aqui é muito mais seguro, é muito melhor. Quando chove, nós ciclistas temos o nosso espaço para andar. Está bem asfaltado, melhorou demais. Esse investimento da Prefeitura é muito importante”, reforçou Alcir Moura.

Respeito – O diretor de Mobilidade da SeMOB ressalta, além das melhorias, a importância do respeito de todos para que cada um tenha o seu espaço e seu direito garantido no trânsito.

“Como em todas as outras situações do trânsito, nós sempre prezamos pelo respeito. Que o motorista de um caminhão respeite o veículo comum, que respeite as motocicletas, ciclistas, pedestres. Se partirmos dessa palavra, respeito, o trânsito também tende a ser um local menos estressante e mais fluído. O espaço do ciclista merece e tem por obrigação de ser respeitado”, finalizou Francimário.

Texto: Andrey Araújo
Foto: Fernando Sette
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.