Discurso de posse de Edmilson Rodrigues ressalta compromisso com o povo

Want create site? With Free visual composer you can do it easy.

No primeiro pronunciamento como prefeito de Belém, assim que tomou posse na Câmara Municipal, Edmilson Rodrigues ressaltou que permanecerá fiel ao projeto escolhido pelo povo ao elegê-lo. Mesmo sem os números reais sobre as dívidas da Prefeitura, o prefeito inicia o mandato apresentando o projeto de lei que institui o “Bora Belém”, o programa de transferência de renda para o combate à fome, compromisso de campanha do novo gestor.

Edmilson ficou emocionado ao relatar os sentimentos juvenis e a honra em retornar ao governo de Belém para a terceira gestão depois de 16 anos. Ele relembrou as gestões anteriores, de 1997 a 2004, e listou os projetos e realizações conseguidos à época. Apontou que muitas dessas conquistas foram deixadas de lado ao longo desses anos e que hoje, os desafios se mostram tão grandes quanto à época.

O prefeito falou ainda sobre as incertezas a respeito da quantidade exata de dívidas herdadas. “Não sabemos a real situação do caixa da Prefeitura para honrar os gastos feitos pelo governo que sai e que não foram pagos, deixando essas dívidas para serem pagas a partir deste ano. E não sabemos a realidade porque, infelizmente, o governo que hoje deixa a Prefeitura não informou à nossa Comissão de Transição sobre esses números”, apontou.

Mas o discurso seguiu falando de esperança e em honrar a escolha do povo numa cidade que cuidasse dos cidadãos. Edmilson reforçou que esse cuidado será a missão desse mandato. A primeira fala do prefeito também deu ênfase à escolha feita pelo povo nas urnas, que rejeitou um projeto autoritário e apontou o reforço do exercício da democracia. “O povo de Belém declarou nas urnas o desejo por uma cidade que respeite os diferentes e combata as desigualdades. E é isso que vamos fazer, independentemente das dificuldades herdadas”, declarou o prefeito.

O prefeito também reforçou a importância da participação popular neste mandato, com olhar para a cidade e os cidadãos, com serviços que alcancem a todos e não apenas uma parcela da população. Ao declarar essa urgência, Edmilson Rodrigues pediu que a Câmara aprove o projeto de renda básica às famílias em maior vulnerabilidade social. “Neste primeiro dia como prefeito de Belém, começamos a colocar em prática o programa, encaminhando a esta Casa um projeto de lei para a sua implementação. E aproveito, desde já, para pedir o apoio de todos os vereadores e vereadoras para a sua aprovação assim que os trabalhos legislativos iniciarem”, disse, conclamando os vereadores, reconhecendo a importância desses no processo de tomada de decisões.

 

Pandemia e enchentes

 

O prefeito não esqueceu do momento pelo qual o mundo passa e se declarou totalmente ciente da importância de uma rede básica de atendimento à saúde que possa acolher todos os munícipes no momento tão esperado da vacinação contra o coronavírus. “Assim como faremos na área da saúde para enfrentar a pandemia do coronavírus, fortalecendo a rede de municipal de saúde, construindo o Centro para o tratamento de pessoas vítimas da covid para reduzir as possíveis sequelas da doença e preparando a cidade para o recebimento e aplicação das vacinas”, se comprometeu.

O discurso também contemplou as ações urgentes de cuidado com a cidade, como a limpeza de canais e o recolhimento e a destinação do lixo. “Medida que adotamos em regime de urgência, da mesma forma que trataremos o combate às enchentes e alagamentos – em cooperação com o governo do Estado, desenvolvendo ações de limpeza e desassoreamento de rios e canais”, disse.

O discurso terminou pedindo para a população se unir à administração para cuidar da cidade e das pessoas, reforçando a importância da participação de todos na construção de uma cidade mais justa, sustentável, acolhedora e principalmente convocando a população a ter esperança.

TEXTO: Márcia Lima.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.